Achados na Baía de Guanabara corpos de dois ativistas que estavam desaparecidos

Dois ativistas que estavam desaparecidos desde sexta-feira foram encontrados mortos no Rio - um corpo foi achado no domingo e outro na segunda. Almir Nogueira do Amorim, de 45 anos, e João Luiz Telles Penetra, de 40, atuavam na Associação Homens do Mar (Ahomar), que defende a pesca artesanal e luta desde 2007 contra empreendimentos na Baía de Guanabara.

O Estado de S.Paulo

28 de junho de 2012 | 03h10

O corpo de Amorim foi encontrado amarrado a um barco naufragado, na Praia de Mauá, em Magé, Região Metropolitana do Rio. Penetra foi achado boiando na baía.

"Trata-se de assassinato", escreveu o presidente da associação, Alexandre Anderson, em comunicado. Ele diz que Amorim, foi achado amarrado com as mãos para trás, com marcas de execução.

Os casos estão sendo investigados pela Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.