Achados corpos de namorada do filho de Cabral e piloto

Os dois estavam em helicóptero que caiu na Bahia na noite de sexta-feira; Jordana Kfuri Cavendish continuava desaparecida

Tiago Décimo / SALVADOR e Felipe Werneck / RIO, O Estado de S.Paulo

21 de junho de 2011 | 00h00

Os corpos de mais duas vítimas da queda do helicóptero a 250 metros da Ponta de Itapororoca, em Trancoso (na Bahia), foram encontrados ontem. No início da madrugada, foi resgatado o corpo da estudante Mariana Noleto, de 20 anos, namorada de Marco Antônio Cabral, filho do governador do Rio, Sérgio Cabral. No fim da tarde, um pescador encontrou o piloto, o empresário Marcelo Mattoso de Almeida, de 48.

Almeida foi encontrado a cerca de 4 quilômetros do local do acidente e resgatado por uma lancha particular, de um amigo do empresário, que participa das buscas. Até a noite de ontem, a empresária Jordana Kfuri Cavendish continuava desaparecida.

O corpo de Mariana foi encontrado flutuando nos arredores do local do acidente. Foi levado para o Rio às 11h, em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) e enterrado às 17h, no Cemitério São João Batista, em Botafogo, zona sul do Rio.

Cabral, o filho e mais cerca de 300 pessoas acompanharam o funeral. A pedido de parentes da estudante, jornalistas não entraram na capela do cemitério - que ficou lotada - e acompanharam de longe o enterro. O prefeito do Rio, Eduardo Paes, também acompanhou a cerimônia.

Logo após o sepultamento, Cabral divulgou uma nota: "Mariana Noleto fez parte da nossa família durante sete anos. Namorada de um dos meus filhos, Marco Antônio, ela contagiou a todos nós com a sua leveza e alegria. Estudante aplicada, filha cercada de amor e de amigos, Mariana trará sempre à lembrança todo o seu encantamento", escreveu o governador. "A nossa família está triste e presta os mais profundos sentimentos à família da para sempre querida Mariana. Estendo os sentimentos e lamento às famílias dos demais passageiros do helicóptero que sofreu a queda na noite de sexta-feira."

A Assessoria de Imprensa do governador informou que ele estará de licença até o dia 26, por motivos pessoais.

No mesmo cemitério foram sepultadas outras três vítimas: Luca Kfuri, de 3 anos, filho de Jordana; Fernanda Kfuri, irmã de Jordana e ex-mulher do vocalista da banda Biquíni Cavadão, Bruno Gouveia; e o filho do casal, Gabriel, de 2. A babá de Luca, Norma Batista de Assunção, de 49, foi enterrada ontem em Teolândia (BA), a 277 km de Salvador.

Buscas. Segundo o capitão Jorge Cordeiro, da Capitania dos Portos de Porto Seguro, mergulhadores vasculharam os destroços da cabine do helicóptero, encontrada anteontem à noite a 10 metros de profundidade. No entanto, nenhuma vítima foi encontrada dentro do compartimento, que chegou a ser içado.

O trabalho dos mergulhadores da Marinha está sendo auxiliado por dois navios, três lanchas e dois helicópteros. Mergulhadores particulares, contratados pela família de Almeida, também colaboram com as buscas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.