Achadas balas da PM em área onde suspeito foi ferido

A Corregedoria da Polícia Militar do Rio recolheu ontem cápsulas .40, calibre usado pela PM, no terreno baldio onde o cabo Maurício Fabiano Braga Pessoa, do 31º Batalhão da PM, atirou nas pernas de um suspeito rendido e desarmado, anteontem. A suspeita é de que o cabo e outros dois policiais tentavam simular confronto com acusados de praticar sequestro relâmpago na Barra da Tijuca (zona oeste). O cabo está preso. Os outros dois PMs foram afastados das funções. A ação dos PMs foi filmada por um anônimo. / FÁBIO GRELLET

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.