Acesso da estaiada não tem previsão

A Ponte Estaiada da Marginal do Tietê foi inaugurada ontem, mas ainda não há previsão para a conclusão de um acesso que está faltando, para o Bom Retiro. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) passou a responsabilidade para a Prefeitura, que precisa realizar as desapropriações para a obra. "É só concluir a desapropriação e a gente faz o acesso. Falta apenas a alça para o Bom Retiro, que fica pronta em oito meses após a desapropriação."

Paulo Saldaña e Renato Machado, O Estado de S.Paulo

28 Julho 2011 | 00h00

A Prefeitura de São Paulo informou que a desapropriação está em curso, mas que se trata de um processo naturalmente demorado, pois muitas pessoas brigam na justiça por valores. A Ponte Estaiada tem 660 metros e vai ligar a Avenida do Estado à pista central da Marginal. A previsão é de que receba 20 mil veículos por dia.

A obra estava inicialmente prevista para outubro pela antiga gestão do governo estadual. A atual afirma que o prazo seria março, ou seja, houve um atraso de quatro meses. "A Indy também atrapalhou. Foram uns dez dias de obra parada, não é aquela coisa, mas atrasou", disse o secretário do Estado de Logística e Transportes, Saulo de Castro Abreu Filho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.