Ação judicial ainda impede interdição por falta de alvará

O Center Norte funciona sem licença de funcionamento desde 2008, quando a Prefeitura passou a exigir que 15% do estacionamento tivesse área verde. A Subprefeitura da Vila Maria também argumenta que o empreendimento não tinha vagas suficientes para deficientes. O shopping chegou a entrar na Justiça, em 2010, para que a Prefeitura legalizasse o empreendimento, mas o pedido foi indeferido em definitivo em 24 de abril deste ano. Em 6 de junho, porém, o Center Norte conseguiu decisão judicial impedindo a interdição por falta do alvará. / DIEGO ZANCHETTA

O Estado de S.Paulo

06 Outubro 2011 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.