Ação de desapropriação para campus da Unifesp na zona leste é suspensa

Decisão foi tomada após o Ministério Público Estadual enviar ofício para a Prefeitura questionando o processo de avaliação da área

estadão.com.br,

21 Julho 2011 | 22h40

SÃO PAULO - Por determinação do prefeito Gilberto Kassab, o secretário municipal de Negócios Jurídicos, Cláudio Lembo, suspendeu a ação de desapropriação do terreno no qual será construída a Universidade Federal da Zona Leste. A decisão foi tomada depois de o Ministério Público Estadual enviar ofício para a Prefeitura questionando o processo de avaliação da área.

Diante do comunicado, Kassab determinou a suspensão do processo de desapropriação. A declaração de utilidade pública do terreno, no entanto, está mantida. Assim que a desapropriação for concluída, a área será cedida à Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), como já anunciado pelo prefeito.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.