Acaba prazo, mas Bienal não tira urubus

O prazo para a retirada dos três urubus que estão em uma instalação na Bienal de São Paulo venceu ontem. Sexta-feira, o Ibama de São Paulo notificou os responsáveis pela mostra e deu prazo de cinco dias para que as aves fossem devolvidas ao Parque dos Falcões, em Sergipe. Mas até o fechamento da exposição, às 19h de ontem, os animais continuavam na instalação do artista Nuno Ramos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.