Aberto inquérito para apurar morte de animais

A Delegacia de Defesa dos Animais de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, abriu inquérito para apurar o extermínio de pelo menos 34 gatos, um cão e quatro gambás, possivelmente por envenenamento, na madrugada de anteontem, no Morro de São Bento. O local, ao lado do zoológico, é um dos 50 pontos de abandono de gatos existentes na cidade. É o segundo caso de morte de gatos na cidade em 60 dias. Previsto no artigo 32 da Lei Ambiental, o crime tem pena que pode chegar a 11 anos de prisão pelo uso de agrotóxico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.