Abatedouro clandestino de carneiros é fechado na zona leste de São Paulo

Dono do local foi solto após pagar fiança; 22 animais vivos estavam junto a 18 carcaças em decomposição

Pedro da Rocha, da Central de Notícias,

05 de novembro de 2010 | 23h04

SÃO PAULO- Um abatedouro de carneiros clandestino foi fechado pela polícia na tarde desta sexta-feira, 5, na rua Luís do Couto, em São Miguel Paulista, zona leste da Capital.

 

Após denuncia anônima, policiais do Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC) foram até o local e encontraram 22 carneiros vivos e 18 carcaças em estado avançado de decomposição, sem condições de consumo.

 

O dono do local vendia os pedaços dos animais na feira da região. Preso, ele foi liberado após pagar fiança de R$ 1,3 mil. As carcaças foram apreendidas e encaminhadas a uma empresa para serem processadas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.