Abastecimento deve ser normalizado pela manhã na Zona Oeste

Fornecimento foi suspenso devido ao rompimento de uma adutora na Rua João Ramalho, em Perdizes

AE

27 de maio de 2008 | 04h36

Somente na manhã desta terça-feira é que todos os cerca de 80 mil moradores das regiões de Perdizes, Barra Funda, Santa Cecília, Higienópolis, Água Branca, Pacaembu, Pompéia, Parque Tomas Edson e Vila dos Ferroviários, na zona oeste da capital paulista, segundo a Sabesp, terão o fornecimento de água restabelecido em suas residências. Na segunda-feira, por volta das 7h, o fornecimento foi suspenso por conta de uma adutora de 70 centímetros de diâmetro que se rompeu na Rua João Ramalho, próximo da Rua Minerva, em Perdizes.  A previsão inicial era de que os trabalhos fosse concluídos até as 18h de ontem, permitindo o retorno da água nas torneias até o início da noite, o que não o ocorreu em toda a região. Segundo a Sabesp, "devido às características topográficas da região, o que demanda um cuidado maior na pressurização da rede, a fim de evitar novos vazamentos", os trabalhos se prolongaram e há previsão de normalização do abastecimento para esta manhã.

Tudo o que sabemos sobre:
Sabespágua

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.