A única mulher ''no papel'' de Ayrton Senna

Lilian Vasconcellos casou-se com Senna há 30 anos; ficaram 1 ano juntos

, O Estado de S.Paulo

31 Março 2011 | 00h00

Em fevereiro de 1981, Lilian Senna da Silva, a moça da foto, se casava com um obscuro piloto de Fórmula 3 que, em menos de cinco anos, se tornaria um dos nomes mais conhecidos da história da Fórmula 1.

Essa primeira parte da vida de Ayrton Senna permaneceu isolada no passado, mesmo depois do lançamento do filme Senna, no qual Lilian de Vasconcellos Souza (seu nome atual), de 51 anos, única mulher casada "no papel" com o piloto, sequer é mencionada.

"Talvez tenham preferido colocar pessoas que estão na mídia", diz ela, referindo-se a Xuxa e Adriane Galisteu - esta ignorada pela família Senna no dia do velório do piloto. A irmã de Senna, Viviane, disse à época do lançamento do filme que não teve participação na escolha de quem entraria no roteiro.

Lilian e Senna moraram um ano na Inglaterra, onde ela viveu "a vida dele". Ficou grávida e sofreu um aborto natural. De volta ao Brasil, ele foi trabalhar com o pai, mas logo voltou para o automobilismo. "Procura a tua turma, que a minha eu já achei", disse ele à mulher.

Ela, então, procurou. Casou-se com o primeiro namorado, tornou-se designer e teve um filho. Seguiu para a Bahia, onde ajuda um amigo na inauguração de sua loja. "Desfilei e tudo. Dizem que eu mandei muito bem."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.