A intervenção deveria começar com a PM?

Sim Iniciar a intervenção com o trabalho da PM foi fundamental para quebrar a estrutura logística do tráfico e coibir atuação dos traficantes na região, que atrapalhavam muito o trabalho de agentes de saúde e assistentes sociais, prejudicando o encaminhamento de dependentes a serviços sociais. Além disso, é bom lembrar que São Paulo já conta com uma rede ampla de proteção social.

O Estado de S.Paulo

10 de janeiro de 2012 | 03h02

Não O problema do crack precisa ser resolvido a partir da parceria entre Município, Estado e União. Essa falta de diálogo entre as partes parece um surto psicótico, porque está dissociada da realidade. O que estamos vendo são ações caóticas, com a polícia sem compreender o papel que deve cumprir. Para dar certo, saúde, segurança pública e assistência social precisam conversar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.