Epitácio Pessoa/Estadão
Epitácio Pessoa/Estadão

A história do Jardim Anália Franco

Jovem bairro da zona leste surgiu no fim da década de 1960

O Estado de S. Paulo

15 Dezembro 2015 | 02h30

O Jardim Anália Franco teve início no chamado Sítio do Capão Grande, em terras que já pertenceram ao Regente Feijó e depois ao antigo Lar Anália Franco, tombado pelo patrimônio histórico. Essas propriedades foram transformadas em bairro a partir de 1968. 

No começo do século XX, em 1901, a notória educadora Anália Franco (1853-1919) comprou uma chácara na região, a Paraíso, onde fundou a Associação Feminina Beneficente Instrutiva. Ela empregava ex-prostitutas para trabalhar na lavoura e investia na educação de órfãos. 

O lar funcionou até 1993, mas, antes disso, já no fim da década de 1960, o terreno seria loteado e transformado no Jardim Anália Franco, que hoje conhecemos como o bairro residencial de classe média e alta e que engloba parte do Tatuapé e da Vila Formosa.

Havia na propriedade uma casa de taipa-de-pilão que existe até hoje e na qual viveu por mais de dez anos o regente Diogo Antônio Feijó (1784-1843) – um dos antigos proprietários do sítio. O exemplo de arquitetura bandeirista e representante da "São Paulo de barro" está fechado para visitação. 

Outro prédio, que teria sido casa principal da fazenda já nos tempos do Anália Franco, e sede do educandário, foi comprado e recuperado pela Universidade Cruzeiro do Sul, que funciona agora no local. 

Parques e condomínios. Surgiram do loteamento condomínios de casas e, nos anos de 1980, os primeiros prédios de alto-padrão. As terras incluíam ainda o que mais tarde seria transformado em Parque Anália Franco – ele foi, primeiro, um clube privado, o Ceret, e só depois passou para a administração pública – e também o famoso lixão, o aterro ao qual é atribuída a “culpa” pelo vizinho, a Vila Formosa, não ter tido um bem-sucedido planejamento urbano, aos moldes do que se viu ocorrer no Jardim América. 

Atualmente, o Anália Franco é um bairro de classe média e alta na zona leste de São Paulo, que limita-se de forma imprecisa com os vizinhos Tatuapé e a própria Vila Formosa

Mais conteúdo sobre:
BairrosSPJardim Anália Franco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.