A Copa da África do Sul, nas ruas do Brasil

Leitores do 'Estado' registram, de Norte a Sul, mudanças no visual - e na rotina - de suas cidades durante o campeonato que mais mexe com a emoção do País

NATALY COSTA, O Estado de S.Paulo

20 de junho de 2010 | 00h00

Não são as escolhas do técnico, não é o desempenho dos artilheiros, não tem a ver com o favoritismo da seleção no campeonato. No Brasil, Copa do Mundo é questão de honra. E nem adianta tentar forjar indiferença - basta colocar o pé para fora de casa e perceber que tem um verde aqui, um amarelo ali, as bandeirinhas acolá.

Vai da organização e da mobilização dos vizinhos para caprichar no colorido às "competições" para ver quem tem a rua mais enfeitada. Em Manaus, por exemplo, moradores do bairro Praça 14 de Janeiro fizeram uma "vaquinha" de R$ 60 mil para decorar uma única rua, a Santa Isabel. São 150 lâmpadas formando as bandeiras do Brasil, da África do Sul e a da CBF. Em Bonito de Santa Fé, a 530 quilômetros de João Pessoa, na Paraíba, a Avenida Batista Leite fica interditada quando tem jogo da seleção. De São Paulo vem a foto do arquiteto Alexandre Kroner, que mora no Jardim Marajoara, na zona sul. Em um condomínio da região, a bandeira pintada com as cores do Brasil põe um pouco de cor no céu cinza da capital.

E, com esse clima de festa, quem se importa com as escolhas do técnico? Ou com os craques, que não estão lá essas coisas e sofrem com a Jabulani? Nas ruas, o Brasil é favorito sempre.

Nome: Alexandre Kroner

Idade: 43 anos

Profissão: Arquiteto

Local: São Paulo (SP)

Inspiração: "A bandeira gigante é do tamanho da união da zona sul da cidade na torcida pelo hexa"

Nome: Antonio Assis

Idade: 59 anos

Profissão: Fotógrafo

Local: Manaus (AM)

Inspiração: "Em toda Copa do Mundo ganhamos o concurso de melhor ornamentação. A Rua Santa Isabel é hexa!"

Nome: Sergio Dobon

Idade: 42 anos

Profissão: Analista de sistemas

Local: São Paulo (SP)

Inspiração: "É a vista da minha janela"

Nome: Julio Szymanski

Idade: 23 anos

Profissão: Publicitário

Local: Cascavel (PR)

Inspiração: "O ângulo das bandeiras forma uma curva no céu. Também é bonito o contraste do azul do dia com as cores do nosso Brasil"

Nome: Fred Lacerda

Idade: 29 anos

Profissão: Funcionário público

Local: Bonito de Santa Fé (PB)

Inspiração: "Nos jogos do Brasil, todo mundo coloca a televisão na calçada e assiste junto"

Nome: Ana Souza

Idade: 29 anos

Profissão: Auxiliar de administração

Local: São Paulo (SP)

Inspiração: "Estava sentindo falta de uma decoração mais criativa. Adorei essa "nega maluca""

Nome: Robson Souza

Idade: 25 anos

Profissão: Analista de materiais

Local: São Paulo (SP)

Inspiração: "Impressiona a mobilização do pessoal da minha rua em pleno domingo de manhã!"

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.