A cara do dono

Foi o cineasta Murilo Salles quem me ensinou o truque! Estávamos cara a cara com o diretor de um longa-metragem horroroso, cuja pré-estreia privê a gente acabara de assistir juntos: "O filme é a sua cara, bicho!" Entre um abraço e outro ainda mais apertado, ele variou pouco: "Incrível como é a sua cara, cara!"

Tutty Vasques, O Estado de S.Paulo

05 de novembro de 2010 | 00h00

Quando o assunto parecia esgotado, Murilo passou a bola para outro convidado que tentava escapar por trás do autor: "O filme não é a cara dele?" E fomos saindo suficientemente de fininho para ouvir o rumo que a conversa tomou às nossas costas: "Achei esse filme ainda mais a sua cara que o anterior!"

Isso quer dizer o seguinte: ninguém se ofende com a própria cara como autorreferência! Ainda que ela não seja lá essas coisas, é sua, né? Não sei exatamente o que o Lula quis dizer dia desses com "o governo da Dilma tem de ter a cara da Dilma", mas acho que o presidente adotou o método

Murilo Salles de não se comprometer com o elogio à obra alheia.

Se, amanhã, o governo de sua sucessora não der certo, todo mundo vai falar, da mesma forma, que é a cara dela.

Fenômeno

Emerson Fittipaldi comemorou discretamente com amigos da Fórmula 1, em São Paulo, outra grande vitória pessoal fora das pistas: o nariz do piloto ultrapassou incrivelmente o de Luciano Huck. Não se falava em outra coisa ontem em Interlagos! Nem a orelha do Rivelino cresceu tanto nos últimos tempos.

Recaída braba

Amigos de José de Abreu estão em vigília permanente! O ator havia prometido seguir o exemplo do colega Paulo Betti e não pagar mais mico em palanque político.

Essa não!

A desenvoltura de Dilma Rousseff nas entrevistas depois de eleita surpreendeu muita gente até na base aliada do governo: "Cadê aquela mulher que nós apoiamos?" - cobra o PMDB.

Ninguém merece!

Nada contra o salário de R$ 24 mil para prefeito de São Paulo, mas, no caso do Kassab, não seria melhor arredondar logo para R$ 25 mil? Ou vão começar a perguntar de novo se ele é casado, se tem filhos, aquelas coisas da turma da Marta, né?

De olho no avião

Tem um certo tipo de homem circulando pelo Salão do Automóvel de São Paulo que finge ter ido ao Anhembi para paquerar a mulherada que circula pelos stands. As modelos são contratadas justamente para que ninguém se sinta ridículo numa fila pra ver um carro que não pode ter.

Essa não!

A Assembleia de Deus está em vigília. Correu por lá o boato de que vai rolar um dízimo para fechar as contas da campanha de José Serra.

Nego vai?

Será que a Dilma levará o cachorro do José Dirceu para o Palácio da Alvorada? Só se fala disso no Lago Sul!

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.