''A brasileira é perfeita para usar a minha linha''

Christina Aguilera, CANTORA, ASSINA COLEÇÃO C&A POP FASHION

Flavia Guerra, O Estado de S.Paulo

02 Fevereiro 2011 | 00h00

Depois da passagem e do tumulto causado por Ashton Kutcher, Demi Moore e Gisele Bündchen, ontem foi a vez de Christina Aguilera causar na SPFW. Depois de se aventurar pelo cinema, Aguilera agora se joga na moda e assina uma coleção para o projeto C&A Pop Fashion, que chega às lojas em 31 de março.

Por que você escolheu o Brasil para estrear uma coleção?

Foi meu amor pelo Brasil que me fez aceitar a proposta. Sempre adorei a ideia de vir ao Brasil, a paixão que as pessoas têm, e pelos grandes fãs que eu tenho aqui, o que me fez também pensar em fazer um show aqui muito em breve. Sem contar que acho que a mulher brasileira é perfeita para usar minha linha de roupas. São mulheres apaixonadas, sensuais, que têm um corpo lindo, além de serem muito seguras de sua beleza.

Como é o estilo? Como vai ser essa coleção?

Trouxe muito do meu próprio estilo. Há animal prints, vermelho, lingeries que fazem as mulheres se sentirem mais poderosas, jeans e vestidos pretos (como o que estou usando) e sapatos incríveis.

Você escolhe suas roupas ou tem um personal stylist?

Tenho uma personal stylist incrível, a Tony Herssshhh. A gente trabalha junto há anos e ela é muito amiga minha. Ela conhece meu corpo e sabe do que gosto, do que gosto de mostrar e de esconder. Ela escolhe as peças, mas a palavra final é minha.

Você se considera um ícone da moda?

Com certeza já provei que sou uma formadora de opinião quando o assunto é moda. Há alguns anos, estrelei a campanha Versace. É maravilhoso ser reconhecida como um ícone da moda, como alguém que sabe correr riscos e que não segue as regras. Sou muito confortável com meu corpo. E isso eu mostro em meus vídeos, nos meus shows. Isso dá muito poder. Há várias peças na minha coleção que traduzem isso.

Você tem planos de fazer um show em breve no Brasil?

Sim. Ainda não temos uma data certa, mas só a recepção tão calorosa que tive assim que eu pisei no aeroporto (Graças a Deus ninguém se machucou!) me fez querer voltar muito em breve.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.