95% do fornecimento de energia foi restabelecido, diz Eletropaulo

Empresa foi notificada pelo Procon a prestar esclarecimentos em 48 horas

Priscila Trindade, Estadão.com.br

09 de junho de 2011 | 09h44

SÃO PAULO - Pelo menos 95% dos clientes tiveram o fornecimento de energia restabelecido até as 19 horas de quarta-feira. O transtorno foi causado por um ciclone extratropical que gerou rajadas de vento de cerca de 80 km/h, na tarde de terça-feira.

AES Eletropaulo disse que o processo de restabelecimento começa por circuitos que concentram maior número de clientes sem energia elétrica, como aqueles que abastecem instituições como hospitais, escolas, clientes que dependem de equipamentos movidos a energia elétrica, como bombas de oxigênio, e estações de abastecimento de água.

Os principais bairros onde as equipes da companhia trabalhavam na quarta-feira eram: Santo Amaro, Butantã, Parelheiros, Saúde e Jardim França, na capital, Vila Airosa e Jardim Marieta, em Osasco; Tijuco Preto, em Vargem Grande; Granja Viana, em Cotia; Parque Imperial, em Barueri; Amador Bueno, em Itapevi; Jardim Itapark, em Mauá; Vila São João e Vila Mortari, em Ribeirão Pires; e Bairro da Ressaca e Itaquaciara, em Itapecerica da Serra.

A concessionária orienta os clientes a utilizarem os canais alternativos de comunicação. Há o serviço Torpedo Fácil 27373 para comunicar falta de luz: basta enviar um SMS com a palavra "LUZ" e o número da instalação, que está disponível na conta de energia. O serviço é gratuito. Outro canal é a agência virtual: basta clicar no ícone FALTA DE LUZ.

Na quarta-feira, o Procon informou que notificou a Eletropaulo a prestar esclarecimentos em 48 horas. Os consumidores que tiveram problema com interrupção de energia elétrica podem registrar suas reclamações em alguns dos canais de atendimento como ligar no número 151 ou ir até um dos postos de atendimento da fundação. As queixas serão encaminhadas à concessionária. Para equipamentos eletrônicos e elétricos, o consumidor deverá ser ressarcido no prazo máximo de 45 dias. Nos municípios do interior, os consumidores que sofreram danos pela falta de energia deverão acionar exclusivamente o canal eletrônico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.