WERTHER SANTANA/ESTADÃO 18/05/ 2021
WERTHER SANTANA/ESTADÃO 18/05/ 2021

9 de julho é feriado em São Paulo? Foi antecipado? Confira o que abre e fecha

A celebração da Revolução Constitucionalista de 1932 não entrou para o calendário de datas comemorativas antecipadas. O atendimento em órgãos públicos e bancos e o serviço de transporte têm alterações programadas

Leon Ferrari, Especial para o Estadão

06 de julho de 2021 | 05h00
Atualizado 08 de julho de 2021 | 21h30

O feriado de 9 de julho, nesta sexta-feira, está mantido tanto na cidade quanto no Estado de São Paulo. A celebração da Revolução Constitucionalista de 1932 não entrou para o calendário de datas comemorativas antecipadas para conter o avanço da covid-19 na capital. 

O atendimento em órgãos públicos, bancos e transportes, por exemplo, sofre alterações. Veja o que abre e fecha:

Vacinação contra a covid-19

Na sexta-feira, 9, as unidades de saúde vacinam moradores de 38 anos. No sábado, 10, será feita a repescagem do grupo de 38 a 41 anos, de acordo com a Prefeitura de São Paulo. As pessoas que se enquadram no grupo devem buscar Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Assistências Médicas Ambulatoriais (AMAs) Integradas da capital para receberem a vacina contra a covid-19. A lista de endereços pode ser acessada aqui

Vacinação contra a gripe

Sexta-feira é o último dia para que o público-alvo do terceiro grupo de imunização tome a vacina contra a gripe no Estado de São Paulo. Pessoas que se enquadram nesta terceira etapa devem buscar pelos postos de saúde. 

Neste terceiro grupo encontram-se pessoas com comorbidades e com deficiência; caminhoneiros, trabalhadores portuários e de transporte coletivo; profissionais das forças armadas, de segurança e salvamento e funcionários do sistema prisional;  população privada de liberdade e jovens e adolescentes sob medidas socioeducativas. 

Saúde

Os hospitais estaduais funcionarão normalmente, com atendimento às urgências e às emergências, tanto nos prontos-socorros como nos setores de internação e centros cirúrgicos. No entanto, os Ambulatórios Médicos de Especialidades (AMEs) não terão expediente na sexta-feira, assim como o Centro de Referência ao Idoso (CRI Norte) e o Instituto Paulista de Geriatria e Gerontologia (IPGG) na Zona Leste. 

Também estarão fechados os postos de doação da Fundação Pró-Sangue, as Farmácias de Medicamentos Especializados e as Farmácias Dose Certa.  

Bancos

Não haverá atendimento nas agências bancárias no Estado de São Paulo, de acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban). As áreas de autoatendimento ficarão disponíveis para os clientes, bem como os canais digitais de atendimento. 

A federação destaca ainda que contas de consumo, como de água e energia, e carnês com vencimento em 9 de julho poderão ser pagos, sem acréscimo de juros, na próxima segunda-feira,12. Os boletos bancários de clientes cadastrados como sacados eletrônicos, por sua vez, poderão ser pagos via Débito Direto Autorizado (DDA).

Transporte público e de carga

As empresas ligadas à Secretaria dos Transportes Metropolitanos (STM) seguirão um calendário de feriado, com algumas exceções. Nas sete linhas da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), a oferta de trens será equivalente a de um sábado. 

Quanto ao metrô, as linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha, 4-Amarela e 5-Lilás funcionam com programação de domingo. A 15-Prata, contudo, estará paralisada parcialmente na sexta-feira, 9, e no domingo,11. Entre 4h40 e 14h, a linha ficará fechada para realização de testes no sistema. Durante o período, os passageiros terão à disposição ônibus gratuitos do Paese entre São Mateus e Vila Prudente

Os ônibus intermunicipais gerenciados pela Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), conforme a STM, nas regiões metropolitanas de São Paulo, Campinas, Sorocaba e Vale do Paraíba e Litoral Norte seguirão a programação horária de domingo. As linhas que atendem a Baixada Santista terão programação de sábado.

Já a circulação de ônibus na capital durante o feriado, de acordo com a SPTrans, será equivalente aos horários de sábado. 

O Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região (Setcesp) informa que, como de costume, o transporte de cargas opera normalmente durante o feriado. 

Comércio

Conforme a Associação Comercial de São Paulo (ACSP), os empresários da capital têm autonomia para decidir se abrem ou fecham os empreendimentos na data. No entanto, devem respeitar o protocolo de combate à covid-19 vigente.  Até o dia 31 de julho, o Estado de São Paulo segue em fase de flexibilização, que permite a abertura do comércio, com 60% da capacidade máxima do estabelecimento, entre 6h e 23h. 

Bom Prato

Os restaurantes Bom Prato abrem normalmente no feriado, conforme a Secretaria de Desenvolvimento Social. Até o dia 31 de julho, as três refeições diárias (café da manhã, almoço e jantar) oferecidas nas 59 unidades da rede seguem gratuitas para pessoas em situação de rua, previamente cadastradas pelos municípios paulistas. 

Poupatempo

As 82 duas unidades do Poupatempo não terão expediente durante o feriado. O atendimento presencial ao público retorna no sábado, 10, mediante agendamento prévio no site www.poupatempo.sp.gov.br ou pelo aplicativo Poupatempo Digital.

Defesa Civil 

A Defesa Civil do Estado de São Paulo atenderá durante o feriado, por meio do Centro de Gerenciamento de Emergências, pelo telefone (11) 2193-8888.

Feriados antecipados

Em março, o então prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), anunciou que iria antecipar alguns feriados na intenção de reduzir o fluxo de pessoas e impedir o recrudescimento de casos da covid-19 na capital. Foram cinco as datas comemorativas adiantadas: Corpus Christi de 2021 e 2022; Consciência Negra de 2021 e 2022; e o aniversário da cidade de 2022. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.