62 motoristas são multados em SP em blitze da lei seca

Já em vigor desde sexta-feira passada, a nova lei seca para quem dirige embriagado multou 62 motoristas na capital paulista, segundo balanço da Polícia Militar de São Paulo.

O Estado de S.Paulo

26 de dezembro de 2012 | 02h02

O novo texto permite o uso de outras provas contra embriaguez, além do bafômetro, como vídeos, testes clínicos e o testemunho do policial, e aumenta a multa para motoristas flagrados alcoolizados para R$ 1.915,40, e dobra e em caso de reincidência.

Segundo a PM, 883 motoristas foram submetidos ao teste desde o dia 21 e apenas dois deles se recusaram a soprar o bafômetro. Dos 62 flagrados bêbados, oito foram presos por estar com álcool no sangue acima do limite considerado crime.

Os números de São Paulo, porém, ainda são bem menores do que no Rio, cidade conhecida pelo rigor no combate à direção sob efeito de álcool. Lá, agentes da Operação Lei Seca já multaram 233 pessoas apenas na noite de Natal, entre os dias 24 e 25. / R. B.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.