Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Quinta avenida mais violenta de SP terá velocidade reduzida

CET vai diminuir para 50 km/h o limite na Av. Senador Teotônio Vilela, na zona sul; medida será implementada em outras quatro vias

Rafael Italiani, O Estado de S. Paulo

20 de agosto de 2015 | 18h32

SÃO PAULO - Mais cinco vias da capital vão ter a velocidade reduzida dos atuais 60 km/h para 50 km/h a partir da próxima segunda-feira, 24, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). A Avenida Senador Teotônio Vilela, na Capela do Socorro, na zona sul da capital, é uma das que terão alteração. A via está na quinta colocação das mais violentas no trânsito de São Paulo. De acordo com a companhia, no ano passado a avenida teve 19 mortes em 204 acidentes. 

Outras 245 pessoas ficaram feridas. No ranking das vias mais perigosas, ela aparece em quinto lugar, atrás das Marginais do Pinheiros e do Tietê, da Avenida Aricanduva e da Estrada de Itapecerica. Todos os endereços já tiveram a velocidade reduzida. Também na zona sul, a Prefeitura vai adotar a mesma alteração na Avenida Guarapiranga e Estrada do M’Boi Mirim. As outras vias estão na zona oeste da cidade: Avenida Arnolfo Azevedo e Rua Almirante Pereira Guimarães, no Pacaembu.

No sábado. Neste sábado, 22, Um trecho da Rua Domingos de Morais, entre a Rua Sena Madureira e Avenida Lins de Vasconcelos também entra da linhas da Área 50 da CET a partir de segunda. Por estar dentro do eixo cicloviário formado pela Rua Sena Madureira, a Avenida Professor Noé de Azevedo, a Rua Vergueiro e Avenida Bernardino de Campos - que no domingo, 23 ganha uma ciclovia - haverá a alteração nos limites máximos. 


Tudo o que sabemos sobre:
CETVelocidadeHaddad

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.