55% dos paulistanos deixariam a cidade, revela Ibope

Corpo de Bombeiros é a instituição mais confiável; 44% sentem muito orgulho de morar na cidade

24 de janeiro de 2008 | 12h35

Na véspera do aniversário da cidade de São Paulo, uma pesquisa feita pelo Ibope revelou que 55% dos paulistanos deixariam a cidade caso tivessem condições. A pesquisa Viver em São Paulo foi feita a pedido do Movimento Nossa São Paulo: Outra Cidade e também mostra que 44% dos paulistanos sentem muito orgulho em viver na capital. Entre os dias 5 e 14 de janeiro, foram entrevistados 1.512  pessoas que moram na cidade e a margem de erro da pesquisa é de 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos. A íntegra da pesquisa   São Paulo recebeu nota média de 6,7 em relação à qualidade de vida, segundo a pesquisa do Ibope. Além disso, 55% dos paulistanos afirmaram que estão insatisfeitos com o transporte coletivo na cidade e 61% disseram-se insatisfeitos com a qualidade da assistência social e da habitação popular. A saúde pública também aparece como um dos setores mal avaliados entre os paulistanos: 70% dos entrevistados se disseram insatisfeitos e deram nota entre 1 e 5 para a saúde na cidade.  Confiança A pesquisa Ibope também avaliou como os paulistanos avaliam as instituições da cidade. O Corpo de Bombeiros aparece como a melhor avaliada, com confiança de 95% dos entrevistados. Em seguida, aparecem os Correios, com 91% de aprovação, e a Sabesp, com 81% de confiança. O Ministério Público aparece como uma das instituições menos confiáveis para os paulistanos, sendo que apenas 38% confiam no MP. Em seguida, aparecem o Tribunal de Contas do Município, com 30% de aprovação, e a Câmara Municipal de São Paulo, com 27%.  

Tudo o que sabemos sobre:
São Pauloaniversário de SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.