54 policiais federais são investigados por desvio de dinheiro

Ministério Público Federal pediu que PF abrisse inquerito para apurar indícios de crimes na unidade paulista

Solange Spigliatti, Central de Notícias

23 Novembro 2009 | 14h45

Atendendo a requisição do Ministério Público Federal em São Paulo, a Polícia Federal abriu na semana passada 54 inquéritos contra policiais para apurar indícios de crimes levantados em sindicâncias e Procedimentos Administrativos Disciplinares (PAD) abertos pela PF. Além disso, a PF também entregou a relação de todos as sindicâncias e PAD's abertas pela Corregedoria do órgão, atendendo requisição do MPF feita em 2008 e reiterada outras vezes.

 

Veja também:

linkMPF pede explicação sobre possível desvio de R$ 1,5 milhão

 

Segundo o MPF, como a PF se negava a fornecer essa lista, o ministério após realização de investigações próprias, constatou e denunciou casos em que a PF tratava de crimes praticados por policiais somente no âmbito administrativo interno, sem instaurar o devido inquérito policial ou comunicar os fatos criminosos ao MPF.

 

O MPF também descobriu narrativas de delegados federais sobre desvios de bens, onde um delegado afirma que a forma como os produtos eram apreendidos e contados pela Delegacia de Crimes Fazendários (Delefaz), poderia, em tese, facilitar "o estabelecimento de esquema de desvio de mercadorias, que pode chegar a valores mínimos em torno de R$ 1,5 milhão por ano.

Mais conteúdo sobre:
PF MPF investigacao desvio policiais

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.