5ª faixa da Ayrton Senna é liberada para Corpus Christi

Para atender à demanda do feriado de Corpus Christi, a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) antecipou a liberação da quinta faixa em um trecho de três quilômetros da Rodovia Ayrton Senna (SP-70), no sentido interior, em Guarulhos. A nova faixa deve aumentar em 25% a fluidez do tráfego entre o km 16 e o km 19 da rodovia, segundo a Artesp. A obra estava prevista para ser concluída em setembro. O trecho faz a ligação com o acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos (Cumbica) pela Rodovia Hélio Schmidt e tem tráfego intenso, quase sempre congestionado.

JOSÉ MARIA TOMAZELA , SOROCABA, O Estado de S.Paulo

29 Maio 2013 | 02h01

Com essa obra, motoristas que seguem da capital rumo ao litoral norte, Vale do Paraíba e Campos do Jordão também vão encontrar melhores condições de trânsito para chegar à Via Dutra. Para setembro, está prevista a conclusão da quinta faixa entre o km 11 e o km 16, sentido interior.

A obra contempla ainda uma faixa adicional na pista leste entre o km 11 e o km 19, com investimento de R$ 71,5 milhões, verba advinda do pedágio. Também estão em andamento as obras de implementação de vias marginais entre o km 19,3 e o km 26, com entregas previstas para maio de 2013 no sentido capital e fevereiro de 2014 no sentido interior.

A Ayrton Senna é uma das principais rotas para o litoral norte. Cerca de 100 mil turistas são esperados no feriado somente em São Sebastião e Ilhabela. Concorrendo com as cidades da Serra da Mantiqueira, os municípios litorâneos apostam em programações culturais e esportivas para atrair os visitantes. Com as temperaturas baixas, o turista que não quiser se arriscar a entrar no mar, por exemplo, poderá assistir em terra à Regata do Meio Ambiente, no sábado, que reunirá veleiros monotipos e de oceano no Canal de São Sebastião. Também em São Sebastião, turistas poderão acompanhar uma regata de canoa caiçara no Mangue do Araçá, a partir das 9h de sábado.

Sem lugar em Campos. O feriado de Corpus Christi normalmente também abre a temporada de inverno em Campos do Jordão, que aguarda cerca de 200 mil turistas, segundo estimativas da Secretaria de Turismo. Mas quem decidir de última hora passar o feriado na cidade encontrará problemas para se hospedar, já que, segundo a administração, todos os hotéis e pousadas estão lotados. / COLABOROU ZULEIDE DE BARROS, ESPECIAL PARA O ESTADO

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.