5 dias nas picapes e king bate recorde

DJ paulistano entrou para o ''Guinness Book'' depois de 120 horas e 2 minutos discotecando

Bruno Lupion, O Estado de S.Paulo

23 Março 2011 | 00h00

O DJ King, um paulistano nascido e criado na zona leste da capital, é o mais novo recordista brasileiro a integrar a lista do Guinness Book, o livro dos recordes. Por volta de 0h30 de ontem, com os braços tomados por cãibras e os pés inchados, ele completou 120 horas e 2 minutos ininterruptos - mais de cinco dias - discotecando em uma casa no Pacaembu, bairro da zona oeste de São Paulo.

Com a marca, o DJ King, um artista já de referência no movimento hip-hop, superou por dois minutos o recorde anterior, do DJ suíço Cedric Barras, que em fevereiro de 2009 tocou por exatas 120 horas em um clube da cidade de Bulle, na Suíça.

A maratona começou à meia-noite de quarta-feira, e foi transmitida ao vivo pela internet. No site TwitCam, centenas de usuários enviavam mensagens de apoio ao músico. "Você é e sempre foi minha inspiração! Atitude, humildade, respeito e força! Salve DJ KING!", comentou o DJ Shark Brasil. "Agora falta muito pouco para o objetivo, meu irmão! Força!!", disse Cláudio Batista. O fiscal do Guinness Book Carlos Martínez acompanhou o feito e atestou a validade do novo recorde.

Uma festa em homenagem ao DJ foi organizada no clube Mary Pop, em Santa Cecília, onde dezenas de fãs esperavam pelo artista. Exausto e com o corpo dolorido, porém, o músico foi direto para uma consulta médica e, em seguida, para casa descansar.

Em seu portfólio, o DJ informa que começou a carreira em 1989, em festas na zona leste. Em 2010, ele se apresentou 303 vezes, para um público estimado em 200 mil pessoas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.