Google Street View
Google Street View

42 bebês são transferidos às pressas de UTI após princípio de incêndio em hospital de SP

Faísca e fumaça saíram da tomada de equipamento que aquece leito; uma das crianças teve parada cardíaca

Ana Paula Niederauer, O Estado de S.Paulo

08 de junho de 2017 | 11h51

SÃO PAULO - 42 bebês foram retirados às pressas, na madrugada desta quinta-feira, 7, da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal do Hospital Sepaco, na Vila Mariana, zona sul de São Paulo, devido a um princípio de incêndio.

Segundo a assessoria de comunicação do hospital, por volta da meia-noite, funcionários viram faísca e fumaça saindo de uma tomada de um equipamento que aquece os leitos, no terceiro andar do edifício.

Um bebê de quatro meses, que havia passado por uma cirurgia e estava entubado na UTI neonatal, teve uma parada cardíaca no momento da correria.

Bombeiros foram acionados e rapidamente apagaram o princípio de incêndio. Após uma hora e meia do incidente, os pacientes retornaram aos leitos. De acordo com a assessoria, não houve feridos.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.