4 PERGUNTAS PARA...Maria Cristina Megid, diretora da Vigilância Sanitária Estadual

1.A que se deve a descrença da população em relação à aplicação da lei? Álcool para menores sempre foi proibido, desde a década de 1940. Mas pesquisas mostram que 20% dos adolescentes bebem regularmente. Talvez por isso a descrença. Mas a lei é para valer. Estamos com fiscais nas ruas.

O Estado de S.Paulo

04 Março 2012 | 03h02

2.Você acredita que essa mudança de opinião possa ocorrer em quanto tempo? Estamos engatinhando. Daqui a um ano, com fiscalização rígida, poderemos alcançar um resultado melhor. A população vai perceber que nossos fiscais estão nas ruas, mas trabalham à paisana.

3.A Vigilância aplicou quase 1,2 mil multas. Esse número é baixo? É expressivo. Mostra que os estabelecimentos se empenham em cumprir a lei.

4.Quais estratégias são usadas pelos fiscais? Eles são discretos. Estacionam o carro longe, não usam coletes e procuram se misturar aos clientes. Ultimamente, até acionam redes sociais atrás de informações relacionadas a festas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.