4,9 mil confirmam presença em protesto contra aumento

Apesar de ter doado ao Hospital A.C. Camargo um cheque de R$ 28 mil ontem - referente ao aumento salarial de R$ 12 mil para R$ 20 mil acumulado desde fevereiro -, o prefeito Gilberto Kassab (sem partido) corre risco de presenciar diante de casa, amanhã, evento similar ao churrasco que ocorreu em Higienópolis, na região central, em maio. Agendado via Facebook, o protesto "Rango na casa do Kassab", organizado para sábado pela internauta Debora Gepp, já havia obtido "confirmação virtual" de presença de 4,9 mil pessoas ontem.

Roberto Fonseca e Felipe Frazão, O Estado de S.Paulo

08 Julho 2011 | 00h00

Os participantes devem protestar contra o novo aumento do salário do prefeito aprovado pela Câmara - a partir de janeiro de 2012, Kassab vai receber R$ 24 mil. "Tem dinheiro bastante para pagar um rango", escreveu a manifestante Debora.

Pesquisa. O prefeito disse que vai doar toda a diferença líquida (R$ 9.376,97 e R$ 14.960,40), até o fim do ano, mas não decidiu se vai acumular a quantia novamente - como fez com o cheque de ontem - ou repassar o valor mensalmente. A partir do ano que vem, no entanto, a quantia será acrescida do novo aumento - Kassab passará a receber R$ 24 mil, valor bruto, a cada mês.

O prefeito disse que a escolha do Hospital A.C. Camargo foi uma forma de homenagear seu pai, que era médico ligado à Fundação Antônio Prudente. O presidente da fundação, Ricardo Brentani, disse que todo o dinheiro doado por Kassab será investido em pesquisa científica.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.