4,6 mil presos vão usar tornozeleira eletrônica

A partir desta semana, 4.635 detentos do sistema penitenciário estadual de São Paulo, que receberam autorização para passar os feriados de Natal e ano-novo em casa, vão sair com tornozeleiras eletrônicas. Destes, 1.379 serão monitorados na capital e Grande São Paulo. Com a medida, espera-se reduzir o número de presos que não voltam para o sistema penitenciário após o fim do benefício.

, O Estado de S.Paulo

21 Dezembro 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.