3 se ferem em ônibus incendiado na zona leste

Um ônibus da linha 2059 (São Miguel Paulista-Guaianases) foi incendiado por volta das 22h de anteontem na Avenida Nordestina, no Itaim Paulista, zona leste de São Paulo. Três pessoas ficaram feridas durante o ataque, entre elas a funcionária pública Lisiane Cristina Tilger, de 33 anos, que usa muletas e teve 18% do corpo queimado.

WILLIAM CARDOSO, O Estado de S.Paulo

22 de agosto de 2012 | 03h08

Segundo testemunhas, quatro jovens se aproximaram quando o ônibus parou em um ponto. Em seguida, jogaram a gasolina que carregavam em sacos plásticos e atearam fogo.

Eles teriam tentado impedir a saída de passageiros, que conseguiram escapar. Lisiane não desceu e, desesperada, pediu socorro ao motorista, Jefferson Alves da Silva, de 31 anos. Ele ajudou no resgate da passageira, acabou queimado e permanecia ontem internado no Hospital do Tatuapé em estado grave. O cobrador também se queimou.

Na tarde de ontem, Lisiane reclamou de dores no joelho e foi levada para o hospital na Santa Cecília, região central. Ela teve as pernas e os braços queimados. A muleta que usava derreteu.

A polícia ainda não sabe a motivação do ataque. A suspeita é que o crime tenha sido cometido por um grupo criminoso conhecido como "dos pequenos", formado por jovens entre 14 e 22 anos, moradores do Itaim Paulista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.