3 perguntas para... Leandro Dantas, presidente do sindicato dos camelôs

1. Por que os camelôs decidiram protestar de forma violenta? A situação fugiu do nosso controle. Chegou o fim de ano e o pessoal que perdeu a licença está desesperado para trabalhar. Tem gente passando fome. Não era para ser um protesto violento, foram só alguns que resolveram atear fogo em lojas.

O Estado de S.Paulo

29 Novembro 2011 | 03h04

2. Qual é a principal reivindicação dos camelôs que perderam a licença? Nós queremos um encontro com o prefeito Gilberto Kassab (PSD) para pedir uma licença especial de 30 dias, pelo menos para garantir o ganha-pão dos pais de família que perderam seus empregos na Feirinha de Madrugada. Ninguém esperava não poder vender justamente na época do Natal. O desespero tomou conta.

3. Quais serão as orientações do sindicato para seus filiados nesse período? Vamos nos reunir com o presidente da Câmara Municipal (José Police Neto) amanhã (hoje), às 15 horas. Queremos que ele faça alguma intermediação com o prefeito Gilberto Kassab para conseguirmos a nossa licença de um mês. /DIEGO ZANCHETTA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.