3 perguntas para...

Ocimar Paiva, pai do estudante assassinado

, O Estado de S.Paulo

10 de junho de 2011 | 00h00

1. Qual a sua opinião a respeito de a polícia soltar o participante do crime?

É uma grande injustiça. Acho essa lei imoral e absurda. Se ele confessou, teria de ter ficado preso desde já. Nada garante que não vai voltar a participar desse mesmo tipo de crime, já que fez uma vez.

2. O senhor vai entrar em contato com a polícia?

Eles disseram que é a lei. É revoltante para um pai ver o homem que participou da morte do filho confessar e sair solto no mesmo dia.

3.Como o senhor espera que o caso termine?

Espero que peguem o outro criminoso, que o inquérito termine e que os dois sejam condenados. Aí a Justiça terá sido feita. Ao mesmo tempo, é preciso resolver o problema da segurança na universidade, para evitar que outras pessoas sofram o que estamos sofrendo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.