3 mil sacos de produtos são apreendidos na 25 de Março

Além dos produtos de procedência ainda desconhecida, foram apreendidos 22 carros onde eram expostos

Elvis Pereira, estadao.com.br

23 de julho de 2008 | 17h57

O terceiro dia da operação para combater o comércio em situação irregular na região da Rua 25 de Março, no centro de São Paulo, terminou com a apreensão de mercadorias suficientes para encher 3 mil sacos de lixo, de 100 litros cada. Foram recolhidos óculos, bonés, roupas, bijuterias, bolsas, relógios e brinquedos, além de bancas e quatro veículos nos quais eram expostos os produtos, o que é proibido. A ação contou com um efetivo total de 170 homens da Subprefeitura da Sé, das Polícias Civil e Militar, da Guarda Civil Metropolitana e da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).  O principal alvo da operação nesta quarta-feira, 23, foi um estacionamento na Rua 25 de Março, 1.125. O espaço abrigava cerca de 400 bancas, desvirtuando a licença concedida pela Prefeitura. A Subprefeitura da Sé recebeu a informação de que os camelôs pagariam R$ 500 por mês para atuar ali. Uma mulher que teria tentado subornar um GCM para impedir que suas mercadorias fossem levadas acabou detida e foi encaminhada ao 1º Distrito Policial, da Sé. O 1º DP também foi o destino das mercadorias piratas apreendidas. Os demais produtos e os quatro veículos foram levados para o depósito da subprefeitura. Os ambulantes que não contavam com o Termo de Permissão de Uso, mas apresentaram nota fiscal, receberam um número do lacre referente a seus produtos apreendidos. A subprefeitura vai conferir a origem da mercadoria. Caso a situação seja regular, o camelô poderá recolhê-la após pagar multa de R$ 1,20 por dia, conforme o tempo de permanência no depósito. Ao todo, desde segunda-feira, 21, foram apreendidos na região da 25 de Março 22 veículos e 3.294 sacos de produtos.

Tudo o que sabemos sobre:
são paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.