Polícia Militar
Polícia Militar

Ex-vereador e 2 suspeitos são mortos em tiroteio após explosão de caixas no interior

Inicialmente, a polícia havia informado que 3 criminosos haviam morrido; grupo invadiu prefeitura de São Roque

Bibiana Borba e José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

23 Maio 2017 | 07h36
Atualizado 23 Maio 2017 | 15h32

Correções: 23/05/2017 | 13h07

SÃO PAULO E SOROCABA - A Polícia Civil confirmou que uma das três pessoas mortas após o ataque com explosivos a uma agência bancária, na madrugada desta terça-feira, 23, em São Roque, no interior de São Paulo, é um morador da cidade e não tinha ligação com os criminosos. De manhã, a própria polícia havia divulgado a morte de três suspeitos durante a perseguição aos assaltantes. Ao corrigir a informação, a corporação informou que a vítima, Carlos Eduardo Lofredo, de 51 anos, é ex-vereador e pessoa conhecida no município. Ele trabalhava com transportes de mercadorias e concorreu à Câmara nas eleições municipais do ano passado pelo PDT com o nome Carlão Lofredo, mas não se elegeu.

A polícia informou que as circunstâncias da morte do morador de São Roque ainda estão sendo esclarecidas. De acordo com testemunhas, ele teria sido atingido quando passava com sua van por rua próxima da prefeitura, onde acontecia um tiroteio entre policiais e suspeitos.

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), e a perícia pode indicar se ele foi atingido pelos policiais ou por suspeitos.

O ataque aconteceu por volta das 3 horas, quando cerca de dez homens renderam os vigias e invadiram o prédio da prefeitura. O bando usou explosivos para explodir dois caixas automáticos da agência do Santander que funciona no prédio. As instalações ficaram destruídas. 

Durante a fuga, os criminosos foram cercados por policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) de São Paulo, que monitoravam o bando, e da Polícia Civil de Sorocaba e São Roque. Houve intenso tiroteio e, além do morador, dois suspeitos foram baleados e morreram.

No final da manhã, outros dois suspeitos foram detidos e levados para a delegacia da Polícia Civil em São Roque, onde eram ouvidos.

Mande sua notícia - Quais problemas você enfrenta no trânsito e no caminho para o trabalho? O metrô parou? Viu uma manifestação na cidade? Presenciou um acidente ou algo inusitado? Fotografou ou filmou um fato e quer compartilhar? Os usuários de WhatsApp podem agora usar o aplicativo para colaborar com o Estado. Envie vídeos, fotos ou apenas o seu relato ou ideia de pauta pelo número (11) 9-7069-8639. Suas sugestões serão apuradas por um repórter e podem ajudar as pessoas. Participe.

Correções
23/05/2017 | 13h07

O texto acima foi atualizado às 13h07 para corrigir a informação divulgada pela polícia sobre as vítimas mortas durante o tiroteio. Morreram dois suspeitos de participar do ataque aos caixas eletrônicos, não três como a polícia informou inicialmente. A terceira pessoa que morreu foi o ex-vereador de São Roque Carlos Eduardo Lofredo, de 51 anos, que não tinha ligação com os criminosos que realizaram o ataque e que trocaram tiros com os policiais.
 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.