2H04 do interior até a Luz

Apesar de Jundiaí ficar a apenas 57 quilômetros de São Paulo, o trajeto entre as duas cidades não é fácil nem de carro nem de trem. O trânsito nas marginais e nas rodovias transformou os antigos 45 minutos de carro em mais de uma hora, sem contar a gasolina e o pedágio: R$ 7 em uma única praça.

Nataly Costa, O Estado de S.Paulo

25 de agosto de 2011 | 00h00

"Prefiro ir de carro pelo conforto, mas o trânsito está cada vez pior", reclama o advogado Tarik Negromonte, de 29 anos, que se divide entre as duas cidades durante a semana.

Além de velhos, os trens da CPTM também não ajudam a fazer o trajeto mais rapidamente. A reportagem do Estado percorreu ontem toda a Linha 7-Rubi de Jundiaí até a Luz em 2h04 - trechos curtos chegam a demorar mais de 20 minutos. Entre uma estação e outra, os trens param sem explicação. "No fim de semana é pior. Se você perde um trem, o outro só aparece 40 minutos, uma hora depois. Não tem frequência certa", diz a enfermeira Idalina Alves Moreira, de 36 anos, que mora em Francisco Morato e trabalha em Jundiaí.

Ontem, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) prometeu renovar todos os trens da linha ao longo do ano que vem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.