28 titulares são oficiais da reserva da PM

Com a troca dos subprefeitos, quase todas as 31 subprefeituras de São Paulo ficarão nas mãos de oficiais da reserva da Polícia Militar. Apenas as Subprefeituras da Lapa, do Campo Limpo e do M"Boi Mirim continuarão com civis. Elas são administradas, respectivamente, pelo economista Carlos Fernandes, pelo engenheiro Alexandre Conti e pelo administrador e empresário Beto Mendes.

Felipe Frazão, O Estado de S.Paulo

26 Julho 2011 | 00h00

Desde 2008, primeiro ano da atual gestão, o prefeito Gilberto Kassab (sem partido) passou a delegar o posto de subprefeito a oficiais de carreira militar da reserva. A estratégia tem o objetivo de melhorar a sensação de ordem pública e os serviços de zeladoria na cidade. No início deste ano, eram 16 militares. Agora, o número chega a 28. O primeiro deles foi o coronel Rubens Casado, na Mooca. Ele assumiu a subprefeitura dias depois de um escândalo sobre a cobrança de propina envolvendo fiscais da Prefeitura e camelôs no bairro. A parceria de Kassab com a PM se intensificou, ainda, após a criação da Operação Delegada, que autoriza PMs a trabalhar na folga para a Prefeitura. Kassab quer, agora, aumentar o salário deles.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.