271 marronzinhos monitoram 127 escolas da capital

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) afirmou, em nota, que mantém 271 operadores de trânsito atuando nas proximidades das 127 escolas públicas e particulares que são alvo da Operação Volta às Aulas.

O Estado de S.Paulo

11 de junho de 2012 | 03h04

A ação tem por objetivo orientar, fiscalizar e dar mais fluidez ao trânsito no início de cada semestre letivo. A escolha das escolas leva em consideração localização, quantidade de alunos e potencial impacto no trânsito geral da cidade.

Do total de escolas da capital monitoradas por provocarem impacto no trânsito, 18 estão em pontos estratégicos e causam muitas viagens nos horários de entrada e saída das aulas.

A empresa afirmou também que mantém diálogo constante com as instituições de ensino para tentar diminuir o impacto do trânsito nas portas das escolas, buscando soluções em conjunto. Além dos operadores, a CET treina funcionários das escolas para atuarem em conjunto com os agentes.

Ainda segundo a CET, ações operacionais têm sido implementadas para melhorar o tráfego em outros horários, não apenas durante a entrada e saída dos alunos. Oito gerências da empresa são responsáveis pelo trabalho nas escolas. Cada gestor faz estudo específico dos casos onde há maior aglomeração de carros. / T.D. e L.A.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.