25 de Março para homens

Na esquina das Ruas 25 de Março e Senador Queirós, no centro, 78% dos 134 moradores de dois prédios residenciais são homens - concentração só menor que presídios (que não foram computados) e albergues. A explicação é o comércio local: todos os apartamentos são alugados para chineses que trabalham na região. A reportagem tentou falar com alguns, mas eles aceleram o passo e dizem não entender o idioma. Pela rua, destacam-se os peixes secando nas janelas.

, O Estado de S.Paulo

02 Julho 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.