JF Diorio/Estadão
JF Diorio/Estadão

23 de Maio fica vazia e SP tem quase 100 km a menos de filas

Lentidão total era de 66,84 km às 19h30; rodízio municipal será suspenso e só voltará a vigorar em 13 de janeiro

O Estado de S.Paulo

24 Dezembro 2013 | 02h01

Com a saída dos paulistanos da cidade para passar o Natal fora, o trânsito de São Paulo registrou ontem índices bem mais abaixo dos habituais para uma segunda-feira. Às 19h30, horário de pico, a cidade registrava 66,84 quilômetros de lentidão, frente à média de 166,66 quilômetros do horário - quase 100 quilômetros a menos.

Algumas vias ficaram praticamente desertas. Foi o caso da 23 de Maio, uma das mais movimentadas da cidade, que às 19h50 registrava pouquíssimos veículos passando - e nenhuma fila.

Muita gente que ficou na cidade acabou se concentrando em torno dos shoppings e áreas comerciais. "Andei pelos Jardins (bairro nobre da zona sul paulistana) hoje e o único lugar onde encontrei congestionamento foi perto do supermercado Santa Luzia. Lá dentro estava um caos e eles acabaram com o trânsito do entorno", comentou a corretora de imóveis Christiane Almeida, que mora na Alameda Lorena.

Sem rodízio. O rodízio municipal de veículos estará suspenso para os veículos de passeio e caminhões entre quinta-feira e 10 de janeiro. Nesse período, só continuarão valendo normalmente a Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões (ZMRC) e a Zona de Máxima Restrição ao Fretamento (ZMRF).

O rodízio municipal de veículos será retomado na segunda-feira, dia 13 de janeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.