22 ruas dos Jardins vão ter coleta mecanizada

Projeto-piloto para a cidade será testado em perímetro que inclui 9 de Julho e Paulista

FELIPE TAU , FABIANO NUNES / JORNAL DA TARDE, O Estado de S.Paulo

17 Março 2012 | 03h05

A Subprefeitura de Pinheiros autorizou a concessionária Loga a implementar um sistema de coleta mecanizada em 22 vias dos Jardins, na zona sul da capital paulista. O bairro deve ser o primeiro a receber o projeto-piloto em São Paulo, que consiste no acondicionamento do lixo domiciliar em contêineres de plástico, em vez dos tradicionais sacos colocados na rua.

A implementação da coleta seletiva na cidade é discutida desde 1997, mas nunca se concretizou. Segundo os atuais contratos de limpeza urbana, licitados em 2003, deveria estar funcionando desde 2008, mas o prazo ficou para 2014, após alterações na gestão de José Serra (PSDB), em 2005.

Depois de tantas ida e vindas, a Loga se comprometeu a antecipar o prazo. Agora, pela primeira vez, uma lista com os locais que devem estrear o sistema foi divulgado. Eles ficam dentro de um perímetro delimitado pelas Avenidas 9 de Julho, Paulista, Rebouças e a Marginal do Pinheiros.

Procuradas, tanto a Loga quando a Prefeitura não quiseram dar detalhes. Caso se mantenha o que estava previsto inicialmente, cada contêiner deve ter capacidade para 1,2 m³ de lixo, no caso dos edifícios, que poderiam solicitar quantos forem necessários. Cada casa térrea também teria um contêiner e as unidades seriam cedidas em comodato pela Loga. Em caso de dano, o responsável deve ressarcir a empresa. Nos condomínios, os contêineres substituiriam cestos de lixo nos andares e seriam colocados depois em estruturas maiores, na rua, fechadas com cadeado e recolhidas pelo caminhão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.