208 taxistas são multados por usar corredor

Duzentos e oito taxistas foram multados na manhã de ontem por circularem em corredores de ônibus na cidade de São Paulo. O balanço parcial foi divulgado à noite pela Secretaria Municipal de Transportes e representa apenas os números registrados pela manhã, por isso poderá sofrer acréscimos.

Caio do Valle e Mônica Reolom, O Estado de S.Paulo

15 de abril de 2014 | 02h06

Ontem foi o primeiro dia de aplicação de multas para taxistas que não respeitam os novos horários para circulação nos corredores, embora a restrição tenha passado a valer em março. Os que rodarem nessas vias nos horários de pico, ou seja, das 6h às 9h, e das 16h às 20h, levarão multa de R$ 127,69, além de receber cinco pontos na carteira.

Nos demais horários, os táxis continuam autorizados a circular nas vias exclusivas à esquerda, mas desde que estejam com passageiros. Em relação às faixas exclusivas dos coletivos à direita, a permissão vale por todo o dia.

Decisão. A Prefeitura de São Paulo decidiu proibir os táxis nos corredores em horário de pico para atender a uma solicitação do Ministério Público Estadual (MPE). As mudanças foram resultado de um inquérito aberto pelo promotor de Justiça Maurício Ribeiro Lopes, que pediu um estudo à Prefeitura para determinar se os táxis atrapalhavam ou não a velocidade dos coletivos da cidade. A conclusão foi de que os ônibus seriam 20% mais velozes se não dividissem o espaço.

A fiscalização nos corredores exclusivos está sendo feita pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e pela São Paulo Transporte (SPTrans). Além dos taxistas multados, outros 215 motoristas que invadiram corredores foram autuados na manhã de ontem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.