2 são presos por venda de peixes em extinção

A Polícia Federal (PF) apreendeu ontem 700 quilos de peixe de comercialização proibida na Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais do Estado (Ceagesp). Trinta e oito exemplares de Rhinobatos horkelli, o cação-viola ou raia-viola (espécie em processo de extinção), foram apreendidos. Os proprietários das lojas acabaram presos por crime ambiental e podem pegar até 3 anos de prisão.

O Estado de S.Paulo

22 Maio 2013 | 02h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.