2 perguntas para... Hugo Tisaka, especialista em segurança

1. O Taser ainda é considerado arma não letal? Oficialmente, sim, mas, no jargão da segurança pública, já se fala em arma "menos que letal". A denominação não letal não funciona mais. O Taser pode ser comparado à bala de borracha: dependendo do local e da força com que é disparada, pode matar, sim.

O Estado de S.Paulo

23 de março de 2012 | 03h05

2. A letalidade da arma depende da quantidade de disparos? Não necessariamente. Isso varia muito de pessoa para pessoa, depende até das condições físicas da vítima na hora do disparo. É um choque que deixa a pessoa desorientada. Uma pessoa mais forte consegue aguentar, mas uma senhora, por exemplo, pode morrer com um só disparo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.