2 morrem em confronto e ônibus são queimados

Duas pessoas morreram na madrugada de ontem depois de um confronto com a Polícia Militar na zona sul de Belo Horizonte. Segundo a PM, militares faziam uma operação contra o tráfico de drogas em uma favela quando encontraram cerca de 20 homens armados e fardados. As vítimas, Renilson Veriano da Silva, de 39 anos, e J.C.S., de 17 - irmão e filho de um cabo -, não estavam de farda. Pela manhã, moradores queimaram dois ônibus. A PM abriu sindicância.

, O Estado de S.Paulo

19 Fevereiro 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.