Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

2 milhões devem deixar SP durante o feriado

Neblina pode complicar saída da capital para o interior e o litoral; previsão é de movimento intenso até fim da noite desta sexta-feira

José Maria Tomazela , O Estado de S. Paulo

17 Abril 2015 | 03h00

SOROCABA - A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) estima que 2 milhões de veículos devem deixar a capital rumo ao interior e ao litoral durante o feriado prolongado de Tiradentes. Os motoristas precisam ficar atentos à ocorrência de neblina nas estradas, fenômeno comum nesta época do ano. Nesta quinta-feira, 16, os veículos seguiram em comboio no Sistema Anchieta-Imigrantes durante parte do dia por causa da baixa visibilidade.

A Operação Comboio pode se repetir no sistema em caso de muita nebulosidade. Outras rodovias, como Anhanguera, Raposo Tavares e Castelo Branco, têm maior incidência de trechos com neblina, segundo a Polícia Rodoviária. Na manhã de ontem, motoristas enfrentaram cerração também na região de Jundiaí e em São Roque. O Rodoanel, opção para o litoral, tinha neblina no km 76.

O movimento deve aumentar à tarde e seguir intenso até o fim da noite. Segundo a Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp), estradas sob concessão que seguem para interior e litoral norte devem receber 7,4 milhões de veículos até terça-feira. Outros 350 mil vão para a Baixada Santista pela Anchieta-Imigrantes, onde a Operação Descida, com sete pistas no sentido do litoral e três para a capital, começa nesta sexta, às 15 horas.

Cerca de 1,3 milhão de veículos circularão pelas rodovias federais Dutra, Fernão Dias e Régis Bittencourt. Recordista em congestionamentos no carnaval, a Fernão terá painéis com mensagens sobre retenções no tráfego. Na Régis, podem ser abertas faixas na pista contrária para melhorar o fluxo na Serra do Cafezal. A Dutra terá indicações para ajudar motoristas em direção a Campos do Jordão.

O horário de restrição para veículos de carga na Rodovia dos Tamoios foi ampliado. Do km 23, em São José dos Campos, ao km 83, na rotatória de Caraguatatuba, eles não podem trafegar entre 16 horas e meia-noite de amanhã; das 16 horas à meia-noite de domingo e segunda-feira, e entre 8 e 12 horas de terça-feira.

A Castelo e a Bandeirantes também restringem o tráfego de caminhões no domingo e no feriado.

Informação. A Artesp tem um novo serviço sobre as condições do trânsito das rodovias. São boletins sonoros, com informações sobre o movimento nas estradas, acidentes e retenções de tráfego, com dicas sobre possíveis rotas alternativas. O Artesp Informa é acessado pelo www.artesp.sp.gov.br.

Mais conteúdo sobre:
São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.