2 acrobatas continuam em estado grave

Duas das três acrobatas brasileiras feridas em uma exibição em um circo nos Estados Unidos, no domingo, continuam em estado grave, mas nenhuma corre risco de vida. Stefany Neves, de 19 anos, foi submetida a uma cirurgia no fígado. Dayana Florentino, de 25, passará por cirurgia no cotovelo e nas mãos. A que está melhor é Widny Arce Neves, de 25, com fraturas no braço, no pescoço e na coluna.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.