18 túneis de São Paulo receberão iluminação de LED

Eletropaulo estima que haja redução de 20% no consumo de energia com a modernização

Marcela Bourroul Gonsalves, estadão.com.br

09 de agosto de 2011 | 15h16

SÃO PAULO - A Eletropaulo iniciou as obras de substituição do sistema de iluminação de 18 túneis da cidade de São Paulo. Serão investidos até R$ 32 milhões e a previsão é que haja redução de 20% no consumo de energia.

 

 

O projeto já contemplou os túneis Nove de Julho, Sebastião Camargo, Juscelino Kubitschek, Ayrton Senna e Sena Madureira. Outros nove túneis devem ser entregues até o fim deste ano e mais sete até final de 2012, entre eles os túneis Padre Péricles, Artur Alvim, Odon Pereira, Praça Roosevelt, Mackenzie, Zerbini e Pérola Byington.

 

 

Será feita ainda a adequação da iluminação aos novos limites de velocidade das vias, bem como a construção de nova rede de energia elétrica para melhorar sua qualidade e reduzir problemas de vandalismo.

 

 

Todos os túneis utilizarão iluminação LED (diodo emissor de luz), tecnologia com vida útil superior ao sistema tradicional, o que diminui a necessidade de manutenção das lâmpadas e as interrupções no trânsito local. Essa tecnologia também tem alto índice de reprodução de cores e melhor luminosidade.

 

 

A primeira etapa do projeto foi concluída em janeiro deste ano. Foram investidos R$ 6,2 milhões na modernização da iluminação dos túneis Ayrton Senna e Sena Madureira. Segundo a Eletropaulo, a redução do consumo de energia chegou a 80% depois da implantação do projeto.

 

Neste ano, a distribuidora modernizará os túneis Tribunal de Justiça, Anhangabaú, Tom Jobim, Noite Ilustrada, Paulista, São Gabriel, Maria Maluf, Max Feffer e Vieira de Melo.

Tudo o que sabemos sobre:
TúneisSão PauloIluminaçãoLED

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.