17 de novembro de 1910

Leão Tolstoi, o mais celebre escriptor e philosopho russo, morreu pouco depois das seis horas da manhan de domingo, dia 20 de novembro, na casa do chefe da estação ferro-viaria de Astaporo, onde se recolhera enfermo por occasião da sua fuga já famosa.

, O Estado de S.Paulo

17 Dezembro 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.