16ª vítima é identificada por exame de DNA

Exame de DNA identificou o corpo do analista de sistemas Bruno Charles Gitahy, de 25 anos, a 16.ª vítima do desabamento de três prédios no centro do Rio, dia 25. Foi a primeira identificação feita por DNA. Bruno fazia curso na TO Tecnologia Operacional, no Edifício Liberdade. Dois corpos continuam sem identificação no Instituto Médico-Legal. Cinco pessoas estão desaparecidas.

O Estado de S.Paulo

04 de fevereiro de 2012 | 03h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.