14 novas unidades do Poupatempo serão inauguradas em SP

Expansão visa agilizar e ampliar a capacidade de atendimento diário à população

Paulo R. Zulino, do estadao.com.br,

22 de janeiro de 2008 | 11h36

Para agilizar e ampliar a capacidade de atendimento diário à população, o governo do Estado de São Paulo vai expandir o número de unidades do Poupatempo.   Até dezembro deste ano, está prevista a entrega de 14 novas unidades do programa em todo o Estado, o que representa um aumento de 50% no número de estabelecimentos.   As novas unidades serão instaladas nas cidades de Osasco, Santos, São José do Rio Preto, Taboão da Serra, Jundiaí, Franca, Piracicaba, Presidente Prudente, Sorocaba, Araçatuba, São Carlos, Araraquara, Marília e Taubaté.   Nas unidades de Santos, Osasco e São José do Rio Preto, já foi, inclusive, iniciado o processo de licitação para a escolha das empresas que operarão nos postos. A sessão pública do pregão que escolherá a empresa que cuidará do posto de Santos está marcada para esta terça-feira, 22.   O Poupatempo de Santos será instalado no antigo armazém da Ceagesp, cedido pelo município ao Estado, localizado à Rua João Pessoa, 266, no centro da cidade. O local tem cinco mil metros quadrados e terá capacidade para fazer cinco mil atendimentos por dia.   Já o posto de Osasco, que ficará localizado na Avenida Hilário Pereira de Souza, 664, na Vila Iara, terá também cinco mil metros quadrados e fará seis mil atendimentos por dia. O pregão para esta unidade está marcado para o próximo dia 23 de janeiro.   Em São José do Rio Preto, a unidade de 4,5 mil metros quadrados e com capacidade para fazer seis mil atendimentos por dia ficará na Rua Antonio de Godoy, 3.033, no centro do município. A data do pregão está marcada para o próximo dia 7 de fevereiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.