14 de agosto de 1910

(Londres) O aviador Drexel, que hontem bateu o record mundial da altura em aeroplano, elevando-se em Lanart a 6.750 pés, declarou que o frio intenso que fazia o incommodava bastante e que o ar rarefeito prejudicava um pouco o funccionamento do carburador. Além disso, o frio entangueceu-lhe os dedos, forçando-o a baixar, por ter receio de não poder depois dominar o seu apparelho.

, O Estado de S.Paulo

14 de agosto de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.